quarta-feira, 16 de setembro de 2009

"Lembra dele no Vasco?" - João Luiz

Por André Schmidt

Revelado pelo Fluminense no início da década de 90, João Luiz passou ainda pelo América antes de chegar à Colina. Zagueiro de muita força física, exagerava nas faltas violentas. Não perdia um lance: era bola ou canela. Sem muita velocidade, tentava compensar a deficiência com muita disposição, mas as vezes exagerava na dose. Apesar disso, tinha aquela postura de zagueiro clássico, ou "zagueiro-zagueiro" como gosta de citar Luxemburgo. Não tinha medo de cara e feia e não tirava o pé nas divididas. Chegou ao Vasco em 96 e ficou até final do primeiro semestre de 97. Se transferiu em seguida para o futebol norte-americano, mais precisamente para o MetroStar, levado pelo então técnico do time americano, Carlos Alberto Parreira.

INTERESSANTE:
Matéria do New York Times sobre a chegada de João Luiz ao MetroStar

FICHA DO JOGADOR
João Luiz Ferreira Baptista
Zagueiro, 23/06/1971, Rio de Janeiro-RJ

PELO VASCO
1996 - 17 jogos e 0 gols
1997 - 10 jogos e 0 gols
TOTAL - 27 jogos e 0 gols

ESTREIA DE JOAO LUIZ PELO VASCO:

Vasco Da Gama 1 x 1 Grêmio (RS)
Data: 01/09/1996
Campeonato Brasileiro
Local : Estádio De São Januário (Rio De Janeiro - RJ)
Arbitro : Oscar Roberto De Godoy
Público : 9.010
Gols : Pimentel (Vasco 40/2ºT) e Paulo Nunes (Grêmio 48/2ºT)
Expulsão : Borçato (Vasco)

Vasco - Caetano, Pimentel, João Luís, Alex, Cássio, Luisinho, Borçato, Juninho (Macedo), Válber (Ranielli), Edmundo e Toninho (Sídney) Técnico : Alcir Portella

Grêmio - Danrlei, Aílton, Mauro Galvão, Adílson, Roger, Dinho, Luís Carlos Goiano, Émerson (Zé Afonso), Carlos Miguel, Paulo Nunes e Saulo (Rogério) Técnico : Luís Felipe Scolari

Imagem: Álbum Campeonato Carioca 97 - PANINI

3 comentários:

  1. André, no seu perfil do jogador faltou mencionar duas coisas. A primeira, é que ele tem um gol marcado sim. GOL CONTRA, num jogo de 1997 que o Vasco levou 3 a 1 do Flamengo.

    E na semifinal da Copa Conmembol de 1996, entre Independiente (COL) e Vasco, vencemos por 2 a 1 o primeiro jogo e no segundo perdemos por 1 a 0. Nos pênaltis, fomos eliminados por 6 a 5, com dois pênaltis perdidos. Um deles foi batido por João Luiz. O outro... POR EDMUNDO!

    Se você estiver aqui no Rio no fim de semana, dá uma passada lá na XIV Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Vou lançar meu primeiro livro, DIÁRIO DE UM SALAFRÁRIO, no estande da Litteris Editora.

    O lançamento vai acontecer no Pavilhão Verde, Rua Q, Estande 17.

    Abraços,

    Vinícius Faustini

    ResponderExcluir
  2. André Funger Schmidt17 de setembro de 2009 11:27

    Fala Vinícius!
    Eu vou sabado para o jogo mas como vou de van fica ruím de passar na bienal... Mas marcamos outro dia, pode ser?!
    Desde já lhe desejo tudo de melhor e muito sucesso com esse primeiro livro meu amigo.
    Espero que seja o primeiro de muitos!
    Forte abraço!
    Saudações vascaínas!

    ResponderExcluir
  3. É meu pai! Pow pelo que li nao é o que dizem até hj. Falam que ele era técnico e habilidoso jogava até no meio, uma vez o Joel chegou a barrá-lo no fluminense porque ele era técnico pra zagueiro! Abraços aí, e vê se muda esse "zagueiro-zagueiro" rsrs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...